Sem tempo ruim

Crise não engessa as tecnologias trazidas pela Arkema

Schmitt: trabalho conjunto com montadoras e transformadores desde a concepção das peças.
Schmitt: trabalho conjunto com montadoras e transformadores desde a concepção das peças. Sinônimo de polímeros nobres, a francesa Arkema não entrega os pontos e cruza os braços diante da economia brasileira no estaleiro. As ações recentes incluem a abertura de filial no Rio de Janeiro, para afiar o assédio sobre setores como óleo e gás, a expansão da sede em São Paulo e o esforço para fincar estacas em outras regiões marcantes pelo desenvolvimento industrial. Para abrir caminho, a subsidiária local da empresa aposta na receptividade a novas formulações, como poliamidas premium, capazes de contornar a recessão acenando com redução de custos de processo e valor agregado aos produtos transformados, expõe nesta entrevista Eric Schmitt, diretor presidente do Grupo Arkema no Brasil. PR – Arkema é global player em poliamidas especiais e muitos de seus clientes possuem plantas no Brasil. Mesmo na recessão atual, quais as novas aplicações para esses materiais em autopeças e peças técnicas que as unidades locais desses clientes introduzem aqui este ano? Schmitt – Entre as nossas tecnologias em introdução local, consta Rilsan® HT, a primeira poliftalamida flexível do mercado. Permite a fabricação de tubos extrudados sem a necessidade de grandes investimentos em maquinário e ferramentaria. Sua principal característica técnica é a resistência a altas temperaturas. Rilsan® HT preenche uma lacuna dos polímeros de engenharia: ou eram flexíveis o suficiente para promover a formação de tubos por extrusão, ou eram rígidos o suficiente para conferir alta resistência térmica. Esse polímero substitui aço, alumínio ou borracha em

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR