Fusão: Dow e DuPont unem forças

Nasce estrela da química com receita de US$ 83 bi

arvore-setaEm 1996, Dow e DuPont juntaram seus negócios de borrachas especiais, joint venture com duração de uma década. O casamento mais extremo brotou em 11 de dezembro no anúncio da fusão integral das operações desses dois colossos da química dos EUA e mundial. O novo conglomerado, DowDuPont, entrosa o faturamento de US$ 54 bi da Dow com o de US$ 28 bi da DuPont, comemoraram na mídia seus respectivos CEOs, Andrew Liveris e Edward Breen. Ao longo dos próximos 18-24 meses, a DowDupont será repartida  em três companhias e as unidades de plásticos deverão compor o grosso do faturamento, com receita projetada em US$ 51 bi. Segundo Liveris, um naco de 70% das vendas procederão de três mercados; embalagens, transporte e construção civil. Ainda em plásticos, a estrela do portfólio da Dow é sua dianteira mundial em polietilenos, enquanto DuPont comparece na joint venture com um colar de especialidades, entre elas poliamidas, acetal, polibutileno tereftalato, elastômeros termoplásticos e biomateriais.