Vendas recordes de robôs na América do Norte

Movimento nos EUA e Canadá rondou US$1.8 bi em 2015

roboSe alguém ainda duvida da ascensão da fábrica 5.0, o conceito da vanguarda da informatização com a automação na manufatura, o balanço do mercado norte-americano de robôs em 2015 é um argumento definitivo. Levantamento saído do forno da Associação das Indústrias de Robótica (Robotic Industries Association/RIA) fixa no total de 31.164 unidades, equiparáveis a US$1.8 bilhão, a venda de extratores e manipuladores de peças nos EUA e Canadá no ano passado. O saldo bate o período anterior em 14% no plano do volume de vendas e 11% na esfera da receita. Perante 2014, os últimos indicadores são 10% superiores em vendas unitárias e 9% em faturamento. De acordo com a RIA, o movimento foi puxado pela indústria automobilística, cujas compras de robôs subiram 19% em 2015 e, fora da seara dos veículos, sobressaíram as entregas de robôs para os setores de semicondutores e eletroeletrônicos, cujas encomendas desses equipamentos aumentaram na faixa de 35%. Projeções da RIA situam em torno de 260.000 unidades o efetivo de robôs na ativa em indústrias norte-americanas, colocando a região em terceiro no ranking mundial de usuários de robôs, precedida por Japão e China.

Sem comentários

Leave a Reply