Uma carapuça para o Brasil vestir

Braskem Idesa desfruta no México as condições ideais para um investimento em petroquímica

Complexo em Veracruz: maior investimento na história da petroquímica mexicana.
Linha do tempo: Lula lança em 2006 a pedra fundamental de uma obra em Itaboraí estimada em US$ 6,5 bi, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Em 2008, ele inaugura ali a terraplenagem e, em 2010, volta para a assinatura dos contratos da construção. Desde então, todos os

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório

VEJA +