Os resultados do uso do polipropileno (PP) KM 6150HC da Braskem pela Tramontina já são mensuráveis. A resina, parte da família Maxio e indicada para injeção de cadeiras plásticas monobloco, proporcionou aumento de 10% em produtividade e redução de 10% no consumo de energia, além de poder diminuir em 10% o peso dos artefatos em novos projetos da fabricante. O grade já é aplicado em cerca de 40% do portfólio Tramontina, que contempla 50 modelos de cadeiras do tipo.

“Há anos estamos em busca de um material que nos ajude a diminuir custos de produção, mas que não deixasse os móveis frágeis. Com a resina, podemos atender a todas as normas do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e ainda garantir ao consumidor uma cadeira segura, resistente a qualquer impacto e confortável”, informou Luciano Amorim, engenheiro de produção da Tramontina, em comunicado divulgado pela Braskem.

KM 6150HC é um homopolímero com excelente balanço de propriedades. O grade apresenta aumento de 33% de resistência ao impacto e de 6% na rigidez em relação ao seu antecessor (KM 6150).