Sempre há uma saída

Nova direção prepara volta por cima da Electro Plastic

Em toda empresa familiar, a hora da verdade soa quando o fundador deixa a cabine de comando. Para a Electro Plastic, um capítulo da saga dos flexíveis no país, esse momento chegou em circunstâncias singularmente complicadas. Aos 83 anos, Israel Sverner decidiu aposentar-se em meio à pior recessão da história do Brasil, com queda abrupta na receita da sua transformadora de médio porte, um monte de concorrentes na praça e sem ter um sucessor a quem passar o bastão. Para preencher a lacuna, a família Sverner optou por terceirizar a gestão do negócio contratando para o cargo de CEO Wilbert Sanchez , integrante da consultoria TCP Latam. É o seu primeiro banho de imersão no universo do plástico. Ele assumiu

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorVoltou a ter sinal
Próxima matériaEsse mercado está no ponto