Van Roost: o aval que o mercado ansiava.
A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) deu tiro de bazuca numa corrente de figurões do setor plástico nacional ao conceder seu selo ecológico ao aditivo oxibio d2w, formulado pela inglesa Simphony e comercializado aqui pela agente Res Brasil. Apesar de contar com transformadores licenciados da fina flor das embalagens no país, esse auxiliar volta e meia tinha seu desempenho contestado, em especial pelo flanco das resinas, alvejado com bola nas costas com esse certificado. Ele permite a rotulagem ambiental tipo I para artefatos plásticos produzidos exclusivamente com d2w, uma vantagem de ecomarketing que a Res Brasil vai explorar a fundo, promete seu presidente, Eduardo Van Roost, nesta entrevista. PR – Várias representações do plástico no Brasil sempre resistiram a

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorSoluções na bandeja
Próxima matériaCara fechada não dá