San Francisco está banindo EPS

Novo projeto de lei municipal amplia as restrições ao material em vigor há 9 anos

EPS-bandeja-de-ovosPoliestireno expandido está pela bola 7 em San Francisco. As limitações ao emprego do material em curso nesse cartão postal da costa oeste caminham para se tornarem as mais abrangentes em seu gênero nos EUA. Ao final de junho último, o legislativo municipal aprovou, por unanimidade, a expansão do veto a EPS, ali vigente desde 2007 para embalagens de food service. Pelo novo projeto de lei, EPS perde o visto de entrada, a partir de janeiro próximo, em copos de café, embalagens de snacks, brinquedos de piscina e bóias para uso no mar. Tem mais: a câmara municipal de San Francisco determina a retirada do comércio, até julho de 2017, de bandejas de EPS para ovos, carne e peixes ofertados no auto serviço. A proibição em vista depende de votação final a 12 de julho próximo, mas analistas de plantão antevêm sua aprovação, exceto se algo drástico ocorrer até a data do segundo pleito e, a propósito, o projeto não depende do jamegão do prefeito ED Lee para virar lei. 

1 Comentário

  1. Espero que tenham pensado nas embalagens alternativas. Uma delas sera o papel/papelão que também terá impacto no meio ambiente e provável custo diferenciado. Caso confirme o PP devera ganhar espaço porem a necessidade de reciclagem continua. O EPS é totalmente reciclagem e, um boa campanha de conscientização tendo os produtores tanto da matéria prima como da embalagem promovendo propagandas sobre o assunto devera ter um retorno mais positivo do uso desta embalagens.

Leave a Reply