Romi lança injetora híbrida

Modelo ES 300 brilha em peças de parede fina em ciclo rápido

A Romi roubou a cena da exposição Feimec, de 3 a 7 de maio último em São Paulo, com um lançamento até então trancafiado a sete chaves. O centro das atenções do estande foi a nova injetora híbrida ES 300, talhada para produzir artefatos de parede fina em ciclo rápido e com mínimo consumo de energia. Equipada com servoválvula e acumuladores de pressão para injeção em alta velocidade, ela sobressai também pelo emprego de torque motor refrigerado à água na plastificação e sistema de filtragem off-line, recurso que proporciona maior vida útil e eficiência para o sistema hidráulico. Com ciclo a seco de 1,7 segundo e capacidade de plastificação fixada em 110 g/s (PS), a nova máquina deu o que falar na Feimec a cavaleiro de vantagens como fechamento elétrico, fixação de molde em rasgo “T” ou SPI, servomotores com sistema encoder óptico, simultaneidade total e precisão centesimal nos movimentos. A placa sem contato com tirantes, apoiada sobre guias lineares, assegura a limpeza e ausência de contaminantes da área de molde da injetora ES 300.

Sem comentários

Leave a Reply