Rasante

Rasante
Phormanto Muito além da salsicha A Dow acaba de colocar uma termoformadora na brasileira Saberpack para produzir embalagens flexíveis Phormanto, tecnologia patenteada pela múlti. A solução Phormanto pode conter de três a nove camadas e aloja polietilenos (PE) das famílias Dowlex, Elite, Attane, Affinity e Versify. Na camada selante, figuram  grades com janela de selagem de 95º C a 120º C. Phormanto admite barreiras de poliamida (PA) e copolímero de etileno e álcool vinílico (EVOH). “Pretendemos que a embalagem  conquiste categorias além do reduto consolidado de salsichas”, diz Bruno Pereira, gerente de sustentabilidade e novos negócios da Dow na América Latina. Outras funcionalidades na mira: o porcionamento e fornecimento do tipo monodose. “Com Phormanto, o consumidor pode abrir apenas um compartimento da embalagem, deixando o restante do conteúdo fresco por um período mais longo”, ele completa.   Vela soprada Na surdina, a alemã Bekum deletou de seu site imagens e dados de sua fábrica no Brasil, centrando portanto suas operações industriais na Áustria e EUA. Após décadas produzindo sopradoras por extrusão contínua em São Paulo, o grupo berlinense passa a cobrir o Brasil à distância, através de diretoria na Alemanha incumbida de vendas de máquinas para a América do Sul. Procurada por Plásticos em Revista, a matriz berlinense da Bekum não respondeu ao pedido de entrevista sobre o fim de linha de sua subsidiária brasileira, cuja requisição de falência foi noticiada.   BATE E VOLTA Menos névoa no decorrer do período Ferreira Uma pergunta para Luis Roberto Ferreira, diretor executivo

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR