Ráfia presa no cimento

Um mercado onde o saco de PP continua barrado na entrada

Uma pergunta para Arnaldo Battagin, diretor dos laboratórios da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP). Battagin: kraft domina do processo de ensaque aos custos. PR – Há mais de duas décadas, a indústria de ráfia tenta substituir o saco de papel no setor nacional de cimento.Por que esse esforço tem

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório

VEJA +