Paradas Obrigatórias

1168
Karina (estande F 898) Sob a retração atual, mercados chave para compostos de PVC e borracha termoplástica (TR), tipo construção civil e autopeças, passam um cortado. De olho no radar da componedora Karina, o gerente comercial Edson Penido ajusta a bússola para contornar a calmaria. Um filão promissor, solta, é o potencial para seus compostos poliolefínicos em rotomoldados em geral e componentes automotivos. “Em compostos vinílicos, devemos buscar mais intensamente a participação em produtos médico-hospitalares”, indica. Na Feiplastic, a Karina acena a esse mercado com compostos vinílicos isentos de ftalatos, ao lado dos tipos consolidados sem metais pesados, e com a linha de poliolefinas beneficiadas LSZH, cuja formulação destaca a presença de polietileno verde da Braskem, derivado de eteno obtido

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorO energizante da energia
Próxima matériaCaçadores do olhar