O reúso desimpedido

Inhance aposta em flúor para facilitar reciclagem de recipientes coex de agroquímicos

Sob os holofotes da conferência do clima das Nações Unidas, em novembro último no Marrocos, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, jogou confete verde no Brasil ao apresentá-lo como líder mundial no recolhimento de embalagens de agrotóxicos – dianteira explicável pelo constrangedor fato de o consumo do veneno no país ser o maior do agronegócio planetário. Desde 2015, as vendas de defensivos encolhem por aqui, decorrência do crédito rural restrito e dólar alto onerando ingredientes importados das formulações. Mas nem dois anos seguidos de recuo da demanda nem a nitroglicerina política e a recessão sem trégua intimidaram a norte-americana Inhance Technologies de partir em Jundiaí, interior paulista, sua unidade local de fluoretação de recipientes monocamada de agroquímicos. “O clima econômico

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório