O mercado não espera

Bandera antecipa o futuro da extrusão de chapas de PET para termoformagem

Palestrantes do evento: Oliverio, Romanski, Gualandris, Pegoraro, Franceschi, di Bisceglie e Martinoli.
Haja crise ou retomada, sempre é hora de investir em produtividade, pois a briga pelo mercado não tem tréguas nem zona de conforto. Este recado foi passado nas entrelinhas do seminário “PET em Ação-Tecnologia que Agrega Economia”, promovido pela fabricante italiana de extrusoras Bandera e organizado por Plásticos em Revista em 24 de maio último em São Paulo. “Isto é o futuro da produção de chapas de PET para embalagens de alimentos”, concluiu na plateia Mário Schlickmann, presidente do grupo catarinense Copobrás e da Associação Brasileira de Embalagens Descartáveis. O seminário fugiu de a a z da enfadonha praxe de eventos no gênero de recitar literatura técnica para o público. A proposta encabeçada pela Bandera abriu com uma panorâmica da

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorBeleza sem maquiagem
Próxima matériaTempo de plantar