O acessório obrigatório

Um ovo de Colombo pode evitar desgastes na relação do setor plástico com políticos

219
Vivendo e aprendendo. Entre as sub matérias da reportagem de capa deste número, consta o relato dos projetos de lei (PL) nos quais um deputado federal e um senador reivindicam a proibição do uso de poliestireno expandido (EPS) em embalagens de alimentos e copos de bebidas quentes. Nos dois casos, a falta de fundamentos técnicos para o veto em nada atrapalha e decorre também do fato de os parlamentares não terem se dado ao trabalho de ouvir as partes envolvidas. Cientes pela grande imprensa de investidas ecoxiitas contra o EPS, material arqui aprovado para contato com alimentos por sumidades regulatórias de calibre mundial, como a agência norte-americana Food and Drugs Administration, os dois politicos farejaram no noticiário superficial um modo

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorOperação Virada
Próxima matériaEd. 637 – Junho 2017