Negócios à parte

Recicladora Barreflex manda bem por não ser gerida como desdobramento da indústria do seu controlador

Fernandes: reciclados acenados para masters, compostos e micronizados.
Fernandes: reciclados acenados para masters, compostos e micronizados. É corriqueiro encontrar no Brasil transformadores de plástico com braço estendido em redutos como a produção de masters e compostos ou a revenda de resinas. No entanto, apesar do charme da pegada ecológica e do aparente conhecimento do ramo por essas empresas, são de se contar nos dedos as indústrias dispostas a diversificar sua atuação investindo na reciclagem. Peso pesado em flexíveis, a SR Embalagens é uma dessas exceções e sete anos de ativa atestam que a sua recicladora Barreflex foi feita para durar. “Apesar das dificuldades do mercado, continuamos a crescer com percentual de dois dígitos nos últimos anos e esperamos crescer 15% no período atual”, adianta sem soltar cifras Rafael

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório