Kraton adquire Arizona Chemical

Acesso a resinas e especialidades de fonte renovável motiva a transação

542

reciclagemTítular global em copolímeros e elastômeros estirênicos, a norte-americana Kraton Performance Performance Polymers engatilha uma guinada bilionária em seu negócio. Em transação de término oficial agendado para a virada do ano, a empresa trombeteia a decisão de desovar US$1.37 bilhão na compra da conterrânea Arizona Chemical Holdings Corp., antes controlada por fundo privado de Nova York. A reviravolta é explicada pelo portfólio da empresa em vias de ser incorporada: resinas e especialidades químicas como fenólicas e politerpenos com base numa fonte renovável, a madeira do pinheiro. Entre os mercados na mira da Kraton despontam pneus, adesivos e obras civis como estradas. Com plantas em cinco países, entre elas a unidade de elastômeros estirênicos em Paulínia (SP), a corporação Kraton totalizou vendas acima de US$ 1.2 bilhão no ano passado.