Já ouviu falar no cliente concorrente?

A impressão 3D acende um alerta para o negócio de transformados básicos como UDs

“Você não vai acreditar no quer pode produzir em 3D para o lar”. Esse título comprido é a isca de chamariz de artigo postado no site norte americano Brit + Co (www.britco/3d-printed-housewares) no qual é dado um rolê sobre o manancial de ideias ilustrativas do poderio da impressão 3D para causar em traquitanas caseiras menores (por ora), de matrizaria simples e complexa. Entre as sacadas de designers em utilidades domésticas (UDS) de plástico, o leitor é apresentado a mini luminárias, porta escovas de dentes e até a talheres de resina biodegradável. Nada é para já, mas convém a quem produz artefatos como UDS por as barbas de molho, pois esse míssil já foi disparado, pondera na entrevista a seguir Paulo

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorO preço do silêncio
Próxima matériaCachos de inovações