Indorama produzirá eteno e propeno nos EUA

Grupo tailandês vai partir cracker em 2017

435

Nº1 global em PET grau garrafa, a tailandesa Indorama Ventures Public Co. volta agora sua mira para a geração de petroquímicos básicos no maior mercado do planeta. Mediante aporte estimado em US$ 175 milhões, o grupo planeja ativar, ao final de 2017, um pequeno cracker recauchutado no estado norte-americano da Louisiana. Conforme foi divulgado, a meta é atingir uma capacidade anual da ordem de 32.000 toneladas de propeno e na faixa de 370.000 toneladas de eteno. “Vamos tirar proveito da revolução do gás de xisto e obter vantagem em termos de custos  de matérias-primas, largando na frente das centrais petroquímicas hoje em construção nos EUA”, justificou em comunicado o CEO  Aloke Lohia.

COMPARTILHAR
Matéria anteriorBrasil é refém da solidão
Próxima matériaPrecisa dizer mais?