Hora de botar a boca no trombone

Adirplast parte para ações institucionais

Prestes a entrar em seu décimo ano de estrada, a Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas e Afins (Adirplast) prepara-se para transitar de roupa nova. Até hoje, a entidade concentrou esforços em mapear o varejo de resinas e em ganhar mais corpo arrebanhando para o seu seio agentes da comercialização de filmes, por ora de polipropileno e PET biorientados. Essa estratégia segue em frente em 2017, mas mesclada com um discurso que extrapola a porteira do negócio, enveredando pelo emaranhado tributário e a conscientização ambiental, adianta nesta entrevista Laércio Gonçalves, presidente da entidade e da distribuidora Activas. Gonçalves: distribuição inconformada com a guerra fiscal. PR – Em seu plano de metas para 2017, a Adirplast promete lutar contra a

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorUm mercado encanado
Próxima matériaEssa vai pro Guinness