Harsch: crescimento do setor automotivo é caminho sem volta.
Mesmo blindada como o setor mais protegido do Brasil, a indústria automobilística sente a cruz da economia em pandarecos pesar nas suas costas. Apesar das nuvens hoje carregadas, a previsão de bom tempo mais à frente não empalidece aos olhos da Borealis Brasil, ás de ouros em compostos de polipropileno (SP). Seu voto mais bombástico de confiança na virada do jogo a médio prazo tomará forma em abril de 2015, com a inauguração da segunda unidade no complexo em Itatiba, interior paulista. “Passarmos da área atual de 60.000 m² para 200.000 m², mediante a compra de um terreno vizinho, suficiente para alojar três plantas do nosso padrão”, antecipa Leonardo Harsch, presidente da subsidiária brasileira da corporação petroquímica sediada na Áustria.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorFaçam suas apostas
Próxima matériaAbrindo a janela