ExxonMobil aumenta sua capacidade de PE nos EUA

Acréscimo superior a 700.000 toneladas deve ganhar o mercado em 2019

Um dos turbomotores do futuro excedente norte-americano de polietilenos (PE), previsto para ganhar o mundo a partir de 2018, a ExxonMobil decidiu jogar mais lenha na fogueira ao solfejar o plano de ampliar sua capacidade do polímero em construção na texana Beaumont, na orla do Golfo do México. Conforme foi divulgado, a intenção é adicionar um volume algo acima do patamar de 700.000 t/a da resina, quantidade que implica aumento da ordem de 65% na capacidade de PE originalmente programada para aquele complexo de eteno/PE via gás extraído das reservas do Golfo e das jazidas de xisato nos EUA. A construção da unidade relativa ao acréscimo já começou e ela deve partir em 2019. No ano quer vem, por sinal, a ExxonMobil dará a largada em duas linhas de produção de PE, totalizando perto de 1,4 milhão de t/a.

Sem comentários

Leave a Reply