Engatando a terceira

A criatividade de uma grife de limpeza doméstica que nada produz

Embora estejam entre os carros-chefes em limpeza doméstica, o consumo de produtos de lavar roupa tem sentido a crise nos seus calcanhares, a exemplo do freio nas vendas de lavadoras e das rédeas mais soltas no giro de tanquinhos. A conjuntura também complica a ofensiva dos detergentes líquidos contra a supremacia dos sabões em pó, uma briga de cachorro grande entre o chamariz do custo/benefício e o ímã do preço menor, ambos estribados na produção em alta escala. É entre estas duas forças que a Daxx Higi tem se esgueirado com sucesso no garimpo de nichos menos abalados pela recessão . “Desde 2014 o negócio cresce acima de 20% ao ano e a perspectiva para 2017 é a mesma”, comemora o CEO Paulo Braga Filho. Não deixa de ser uma lufada de ar fresco para os lados de polietileno de alta densidade (PEAD), resina vedete das embalagens sopradas dos sabões cremosos da DaxxHigi, mix completado por lenços umedecidos e sabonete e desodorante íntimos. Sediada em Diadema, Grande São Paulo, a empresa surgiu em 2010, quando Paulo Braga, pai do atual gestor, comprou de uma indústria baiana o negócio do produto Higi Calcinha. “É o nosso carro-chefe e sua receita tem aumentado em grande parte devido às fortes ações no ponto de venda”. Daxx Higi: foco em nichos gera vendas. Terceirização full service O campeão de vendas mira, como o nome escancara, a lavagem específica de roupas íntimas. A mesma estratégia dos nichos acenados ao público feminino estende a linha Higi

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR