Ela é mais que demais

O estado da arte em flexíveis tem nome: Cepalgo

1126
Em pleno sururu da crise, a Cepalgo, quintessência em flexíveis, batia em julho último o recorde de vendas em 30 anos de ativa. Horacio Murua, CEO da empresa, atribui o feito a um banho de imersão em produtividade em todos escalões e áreas na órbita da fábrica em atividade há pouco mais de um ano, desde janeiro de 2014, em Goiás. “Isso é fruto da ‘cultura da mudança’, ou seja, descobrimos como cultivar nas pessoas o comprometimento com a qualidade e a capacidade de aprender”. Controlada pela família Scodro, a Cepalgo partiu em 1975 em Ribeirão Preto (SP), como braço em embalagens da indústria Biscoitos Mabel. Ao longo dos anos, cultivou musculatura para passar a atuar como negócio independente. Na

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorUma orquestra tocante
Próxima matériaPureza 2.0