Déficit na armazenagem de grãos favorece silo bolsa

Orçamento do governo para novos galpões é insuficiente

422

Por trás da prevista produção de 228 milhões de toneladas, uma enxaqueca ronda a supersafra de grãos 2016/2017: a capacidade disponível para estocagem limita-se a 158 milhões de toneladas, estimam radares do ramo como a Conab e Kepler Weber. Para piorar o enrosco, a verba destinada pelo governo ao Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), gerida pelo BNDES, é considerada insuficiente para fechar o déficit. Enquanto  galpões adicionais não são montados em número satisfatório, fontes do setor de grãos e fibras votam suas expectativas para uma solução tida como aceitável a curto prazo: o silo bolsa de polietileno, em destaque há bom tempo na agricultura argentina e de uso ainda discreto no Brasil.