Da sucata à chapa de PET em um estágio

Célula de produção da Kuhne e NGR assedia embalagens de alimentos

Duas celebridades alemãs em bens de capital, Kuhne e Next Generation Recyclingmaschinen (NGR), estão somando esforços para fabricar sistemas de um estágio capazes de gerar chapas termoformáveis de PET grau alimentício (food grade) a partir de sucata do poliéster. A célula de produção agrega uma extrusora conjugada com moinho triturador e alimentador para prover o fundido e uma unidade P:REACT para descontaminar e melhorar a qualidade do polímero em conformidade com os padrões para embalagens de alimentos da agência norte americana Food and Drugs Administration (FDA ). O sistema é completado pela extrusora Kuhne para chapas de baixas tolerâncias dimensionais, prontas para a termoformagem. “Os testes iniciais nos supreenderam pela qualidade da chapa”, assinalou na mídia Hubert Armbruster, diretor geral da Kuhne. A unidade P:REACT e a extrusora com triturador e alimentador prometem roubar a cena do estande da NGR na feira nº1 do plástico global K’2016, de 19 a 26 de outubro próximo em Düsseldorf.