Com boa gestão, o dinheiro aparece

Orçamento menor não é desculpa para prefeituras desobedecerem a Política Nacional de Resíduos Sólidos, afirma o presidente do CEMPRE

285
Bicca: governo precisa enquadrar quem não cumpre a lei. Há bom tempo, indústrias e entidades ligadas à sustentabilidade apostam em campanhas e ações de cunho pedagógico para combater o descarte incorreto de refugo pós consumo no Brasil, uma prova de subdesenvolvimento em que a alta visibilidade da sucata plástica contribui para negativar a imagem pública do material. Como essa prática poluidora continua como se nada houvesse – aí estão a imundície da Baía de Guanabara e o lixo à flor d’água nas enchentes de verão – já há quem conjeture se não seria hora de se mudar da catequese didática para a conscientização na marra, via punições legais. Victor Bicca Neto, presidente do Compromisso Empresarial para Reciclagem (CEMPRE), associação sem

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório