Os setores de biscoitos, massas e pães e bolos industrializados movimentaram R$ 32,2 bilhões no ano passado, equivalentes a 3,37 milhões de toneladas. Apesar da recessão, os volumes das três categorias ficaram estáveis no primeiro semestre de 2015, cravando até algum avanço em valores. Sob a torrente de um noticiário de pavor, esses indicadores compõem um viagra para o astral dos produtores de embalagens flexíveis, detentoras do mando de jogo nesse campo, caso do segmento de polipropileno biorientado (BOPP). Na entrevista a seguir, Claudio Zanão, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), admite que possa té ocorrer troca de produtos ou migração entre marcas na cesta de compras, mas a população,

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório