quarta-feira, 22 agosto, 2018

Verde esperança é a cor da hora

Componedores sentem o mercado trazendo bons fluidos

Tempo de plantar

Plástico se apronta para a volta dos investimentos ao campo

A segunda pele

Mais que embalar, filmes com barreira casam com as carnes

Ainda bem que plástico boia

O setor virou o semestre com água no pescoço. E agora?

Um mercado encanado

Varejo e imóveis novos à deriva engessam os materiais de construção

O mercado precisa de aditivo antibloqueio

Consumo de masters marca passo há 3 anos,constata a MaxiQuim

Essa luz não apaga

Com cadeira cativa na linha de frente da transformação nacional de plástico, a região sul permanece o bom bocado do país, em tecnologia e...

A blindagem do plantio

Irrigadas pela evolução dos filmes, as estufas podem avançar bem mais no Brasil
desodorantes

Disputa suada à flor da pele

Preferência crescente pelos aerossóis ameaça frascos plásticos no mercado bilionário dos desodorantes

É de quebrar a cabeça

Não deu outra: 2015 marcou pela queda na vendas, investimentos e margens dos transformadores. O setor aguenta a reprise em 2016?