Por motivos óbvios, preto pinta como a cor da temporada para masterbatches. Mas a conjuntura do plástico sempre demonstra que, mesmo com a economia às escuras, as indústrias transformadoras continuam a tocar a vida e isso inclui cobrar cores e aditivos diferenciadores para azeitar a demanda, ainda mais em tempos bicudos. “Essa busca por aprimoramentos e novidades em termos de apresentação e produtividade abrem oportunidades para manter otimistas os componedores de masters”, pondera José Fernandes Basílio Filho, sócio e diretor comercial da Cromaster. Na foto do momento, ele vê o reduto de brancos entre os mais vulneráveis, efeito tanto da crise como da determinação de sacolinhas coloridas para uso no comércio oficializada pela prefeitura paulistana  (ver seção Sustentabilidade) . Fincada

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorSelo verde escuro e claro
Próxima matériaRasante