Braskem lança PP para injeção de peças técnicas

Copolímero heterofásico se diferencia pela rigidez e ganhos de produtividade

Uma resina desenhada para caixas agrícolas põe a Braskem, nº1 nacional em poliolefinas, cara a cara com um reduto por onde nunca transitou. “Ela entra em um mercado de aplicação no qual a empresa não atuava”, confirma  Daniel Horácio, da área de desenvolvimento de produto de polipropileno (PP). A investida é encabeçada pelo copolímero heterofásico CG 210 N, acenado agora para peças técnicas de parede fina e injetadas em ciclo rápido, com espaço enxergado pela Braskem nos setores automotivo, de brinquedos e eletrodomésticos. A elevada rigidez contempla o grade de PP com boa resistência ao empilhamento e ao impacto sob baixa temperatura. Seu uso original em caixas para hortifrútis, distingue Paulo Mattos, da área de Negócios Internacionais da Braskem, garante maior confiabilidade na logística, manuseio e armazenagem  frente a  sucedâneos como as caixas de cartão, em especial em casos de frete a longa distância logística longa, a exemplo de exportações.

Sem comentários

Leave a Reply