Bioplásticos: consumo global de 1,6 milhão de toneladas

Estudo prevê aumento das misturas de resinas petroquímicas com as de fontes renováveis

BioplasticosNa foto atual, o mercado global de bioplásticos ronda a faixa de 1,6 milhão de  t/a e os algarismos tendem a se inverter, chegando a 6,1 milhões de toneladas em 2020. A projeção é emitida por estudo saído do forno da consultoria norte-americana BCC Research. A estimativa é turbinada, sustenta a pesquisa, pela tendência de blends de resinas petroquímicas  com as provenientes de fontes renováveis em aplicações de bens duráveis, caso de componentes de carros e celulares,tendo em vista o descarte de refugo sem sequelas ambientais. Na acepção da BCC, polímero biodegradável é aquele capaz de ser 100% convertido por microorganismos em dióxido de carbono, água e húmus. Em relação ao continente americano, o levantamento dimensiona o consumo de bioplásticos em precisas 798.830 toneladas em 2015, rumo a cerca de 3,4 milhões em 2020. Para a Ásia, a consultoria situa o atual mercado do material em 380.100 t/a, a caminho da marca de 1,4 milhão daqui a quatro anos.