Barreira a oxigênio: Nova desenvolve filme de reciclagem facilitada

Diferencial é a resina de PEBDL que dispensa uso de EVOH e PA na película

Na garupa de uma fábrica de 454.000 t/a de polietileno liner (PEBDL) que parte este ano no Canadá, a Nova Chemicals Corp trombeteia na mídia ter concebido um filme impermeável ao oxigênio e de reciclagem facilitada devido a ausência de agentes de barreira como álcool etileno  vinílico (EVOH) e poliamida (PA). A nova estrutura flexível é acenada para alimentos como cárneos, laticínios e snacks. Se necessário, pode incorporar agentes de barreira em teores inferiores aos coextrusados convencionais para assegurar o mesmo grau de excelência na proteção, assevera Mike Cappelli, gerente da Nova para o mercado de embalagens. Conforme assinalou, a  película conta com uma resina não especificada de PEBDL para prover a necessária rigidez e propriedades de barreira, possibilitando sua coextrusão por matriz plana ou tubular para posterior produção de embalagens como pouches. A Nova já encaminhou o pedido de patente de sua tecnologia e não planeja licenciá-la.

Sem comentários

Leave a Reply