Austrália: maiores supermercadistas páram de distribuir sacolas descartáveis

As redes Coles e Woolworths passam a vender outras opções de sacolas

Maiores redes de supermercados da Austrália, Woolworths e Coles Supermarkets formalizaram, ao final da primeira quinzena de julho último, as decisão de acabar com o fornecimento gratuito de sacolas descartáveis de polietileno de alta densidade (PEAD) na saída do caixa. A cadeia Woolworths, com 992 supermercados. prevê que a medida estará totalmente implementada até 30 de junho de 2018. Pelas estimativas divulgadas na mídia, a rede fornece, no momento, 3,2 bilhões de sacolas descartáveis ao ano. Por seu torno, a cadeia Coles, formada por 787 supermercados, 865 lojas de bebidas, 89 hotéis e 690 lojas de conveniência, não soltou cronograma para concretizar seu banimento das sacolas tradicionais, mas reconheceu que a decisão resultou de contatos com ONGs e grupos ambientalistas. As duas redes informam que os clientes terão à disposição várias alternativas de sacolas de compras à venda nas lojas. Aldi Stores Pty. Ltd, ocupante do terceiro posto entre os supermercadistas da Austrália, nunca forneceu sacolas a clientes desde seu início, em 2001. Coles e Woolworths informam que o término da distribuição de sacolas vale para os sete estados da Austrália, inclusive aqueles (New South Wales, Victoria e Western Australia) que ainda não baniram por lei o uso de sacolas plásticas convencionais no comércio.