Aumenta a reciclagem de PET nos EUA

Cerca de 30% das garrafas PET comercializadas seguiram para a recuperação da resina em 2017

Em contraste com o estardalhaço diário na mídia causado pelos megafones da economia circular, a discrição continua a marcar a trajetória da reciclagem de garrafas de PET nos EUA. Relatório tirado do forno pelas entidades The National Association for PET Container Resources (NAPCOR) e The Association of Plastic Recyclers (APR) acusa evolução de 29,2% no índice de reciclagem norte-americana do poliéster em 2017 perante o indicador precedente de avanço, fixado em 28,4% em 2016. O saldo reflete declínio tanto dos volumes coletados como de garrafas PET disponíveis para reciclagem nos EUA, conclui o levantamento divulgado na imprensa. Conforme foi explicado, a taxa de reciclagem resulta da quantidade total de PET reciclado nos EUA e adquirido interna e externamente –da ordem de 783.000 toneladas. Este volume é tomado como uma percentagem do total de resina PET utilizado nos EUA em garrafas e potencialmente disponível para reciclagem, saldo projetado em torno de 2.7 milhões de toneladas no ano passado. Daquele volume aproximado de 783.000 toneladas coletadas, cerca de 654.000 foram adquiridas e processadas no mercado norte-americano e perto de 128.000 toneladas foram exportadas a países como Canadá. Em termos de PET reciclado empregado pelas indústrias finais nos EUA e Canadá, o estudo da NAPCOR e APR situa em 5% o incremento no volume total, dimensionado ao redor de 714.000 toneladas em 2017.

COMPARTILHAR