As mãos longe da graxa

A falta de mão de obra jovem qualificada para o setor plástico vem aumentando. O desinteresse está se intensificando pelos efeitos da recessão junto com o modelo engessado de gestão adotado pelas indústrias em geral, deixando-as atrás de outras alternativas, como os setores de serviços e de pesquisa e desenvolvimento

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório

VEJA +