Artes plásticas

Vasos diferenciados pelo design exclusivo com PE reciclado

Vasap
Vasap Design: criações assinadas e fora do convencional no mercado de jardinagem e paisagismo
A construção civil ruma para seu quinto ano seguido de hemorragia no balanço. Mas, nas adjacências, um mercado tem ignorado a crise, crescido acima de 10% ao ano, movimento edulcorado inclusive pelo charme do plástico com aura verde, evidencia a arrancada em dois anos da goiana Vasap Design (www.vasap.com.br). “Em conversas com grandes varejistas de materiais de construção, ouvi que um dos raros segmentos em ascensão nos home centers era o de jardinagem e decoração”, conta o empresário João Paulo Roriz, dono da empresa sediada em Aparecida de Goiânia. “O crescimento provém, em especial, da popularização do conceito de jardinagem e paisagismo, antes restrito às classes mais altas”. Roriz uniu as pontas e entrou em cena com acessíveis vasos rotomoldados de polietileno reciclado, assinados por designers da nata, como Marcelo Rosenbaum, Léo Romano, André Lenza, Maurício Arruda e os integrantes da equipe da própria Vasap. “As pessoas começaram então a perceber o paisagismo como uma forma barata para transformar a decoração das casas”, conta o empreendedor. A Vasap começou, conforme divulgado na mídia, trabalhando com PE virgem, mas o apelo da sustentabilidade logo conduziu à resina reciclada. “Ao pesquisar o mercado de vasos, notei a falta de diferenciação na concorrência, adepta dos mesmos produtos e cores e voltada apenas à briga de preço”, rememora Roriz. A propósito, ele alinha entre as missões da Vasap democratizar o design e torná-lo acessível ao grande público. “O design não justifica o encarecimento dos nossos produtos”, ele sustenta. “Por sinal, os designers são contemplados

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR