Ajustes na rota

Nos últimos três anos, os custos de impressão e envio de exemplares Plásticos em Revista saltaram bem acima da inflação. Num cálculo por alto, essas despesas hoje abocanham em torno de 30% da receita do veículo, tornando assim o negócio de produzir uma edição mensal comparável a uma travessia pelo fio da navalha sem rede embaixo, quadro agravado agora pelos anunciantes de freio puxado por força da crise. Qualquer pesquisa de opinião hoje demonstra que o leitor padrão de Plásticos em Revista dá preferência à leitura em papel, embora o conteúdo de todas as edições esteja disponível no site do veículo. Mas essa foto caminha para uma alteração visceral. De forma gradativa, mas já visível, a primeira geração do empresariado

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório