A última trincheira continua de pé

Cartucho resiste ao rolo compressor do plástico em creme dental

Da mesma forma que o governo nada tem a dar que não seja tirado de alguém, material nenhum avança em embalagem sem surrupiar mercado de outro. Em creme dental, o plástico já mandou bem na tampa e no corpo do tubo laminado, este um espaço antes exclusivo do alumínio. Mas que até hoje ele não fez o serviço completo, em intrigante imobilismo perante a imemorial e mundial permanência do cartucho de papelão como sobre-embalagem do tubo. “Há bastante lugar no mercado para duas possibilidades: uma nova embalagem ou o produto sem cartucho, um elemento talvez desnecessário, pois a maioria dos compradores de creme dental o joga no lixo ao usar o tubo”, ponderam Marcu’s Antônio Freitas Santos e José Acácio

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório

VEJA +